quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Descaminhos



Não é fácil ficar sem você.Porque é o mesmo que me negar a viver.Mas também não é fácil estar com você
sem andar de mãos dadas,sem fazer carícias,
sem dizer palavras de amor
e percorrer o delicado caminho do desejo,
da paixão, do prazer e da loucura
que somente os amantes conhecem. Não consigo ir nem sei mais como buscar
o muito que perdi.
Não sei para onde ir
nem tenho razões para voltar.
Desejaria só acompanhar teus passos
para não ter esta permanente saudade
que entristece os dias
e me faz ser
a sombra do que fui.
E sinto que,
Longe de você,
Meu mundo foge
Como se os caminhos fossem virtuais
E não houvesse realidade mais...

O encontro da Imagem com a Palavra.

Minha foto
A fotografia interagindo com a poesia...num encontro triunfal.