quinta-feira, 26 de abril de 2007

Releitura da máscara


Lembro dos meus esforços infantis

Para entender os olhos negros da máscara, dilatados,

E, como o rosto, cercados de frisos verdes,

Que pareciam um longo cipó...

Havia também os disformes lábios vermelhos,

Carnudos, grandes, sempre fechados, silenciosos.

O nariz dominante, um tronco central,

Do qual emanava a impressão de que fingisse estar imóvel e só.

Intrigante era a aranha solar, com suas múltiplas pernas,

Que se dizia que, de noite, saía para pegar quem mentia.

Era uma máscara estranha, bela, incompreensível e viva.

Muito depois, quando adulto procurei-a inutilmente,

Tentando decifrar o seu significado

Descobri, de repente,

Que se tratava apenas de arte,

Incompleta, desigual, mutável

Como a vida.

quinta-feira, 19 de abril de 2007

Visões do jardim



Talvez os deuses sejam mesmo astronautas
Assim como os marcianos podem ser invisíveis-
Hipóteses que podem ser terríveis.

Do lado da casa vejo o verde
Nenhum menino com seu dedo me incomoda.
Só a imaginação que longe roda.

O concreto é o quadro, são as árvores
Cercando toda a casa de madeira.
O mundo, a poesia, brincadeira.

sábado, 7 de abril de 2007

O Cotidiano,segundo Spersivo



Cotidiano

Esta mania de fazeres tudo igual

De uma forma assim completamente diferente

É como a alegria

Que em pleno o carnaval

Introduz uma névoa de dor tão lentamente

Que no açúcar põe um sabor de sal.

Poderia insistir que não fizesses

O que fazes sempre assim tão docemente,

Porém pressinto que se fosses diferente

Mesmo assim farias tudo sempre igual.

E, na verdade, tu és tão criativa

Que tudo igual parece diferente

E já não te vejo como via antigamente

Quando a cor parecia em ti tão viva

Sem essas sombras, às vezes tão, sutis...

Que põe em equações o xis.

Tu te repetes e, no entanto outra és.

Tu te repetes e outra tu não és.

Tu te repetes e neste repetir se inova

És como a vida: a mesma e sempre nova!

O encontro da Imagem com a Palavra.

Minha foto
A fotografia interagindo com a poesia...num encontro triunfal.